ATR 42-500 da MAP em Macapá para nacionalização

0 comentários
Chegou ao Brasil na última quarta o primeiro ATR 42-500 da MAP Linhas Aéreas. A aeronave, de matrícula PR-PDP (msn 581), pousou em Boa Vista-RR e hoje (06) voou direto para Macapá, onde passará pelo processo de nacionalização e trâmites legais.
Apesar de seu último operador ter sido a colombiana Easyfly o PDP já voou bastante em terras brasileiras, operando pela TRIP Linhas Aéreas como PR-TKG, após ter operado inicialmente na Alemanha, para a Lufthansa e Eurowings, onde foi entregue diretamente de fábrica, em 2004.
Após o trâmite burocrático, o PR-PDP seguirá para Manaus, sede da MAP, onde receberá a pintura da companhia e posteriormente, reforçar a malha. Confira os registros:


Revoada de Air Tractors em Macapá

1 comentários
Durante esta semana o Aeroporto Internacional de Macapá recebeu uma verdadeira revoada de Air Tractors AT-502 e AT-802. Quatro aeronaves chegaram na capital amapaense entre domingo (24) e quarta (27), onde passaram por processo de nacionalização. Confira os registros:









ATR 72-500 da Passaredo cumpre voos da MAP na região Norte

0 comentários
O ATR 72-212A (500), de matrícula PP-PTQ, da Passaredo Linhas Aéreas subiu à Região Norte do Brasil para operar os voos da MAP Linhas Aéreas no Amazonas e no Pará. A aeronave chegou à capital amazonense na última semana e desde a sexta feira roda a malha da MAP.
Após a fusão de MAP e Passaredo, coincidindo com o início das operações das companhias em Congonhas, bem como devido ao fato de a companhia manauara estar com algumas aeronaves em manutenção, a malha do Norte ficou prejudicada, tendo inclusive havido cancelamentos. Para suprir a demanda, inicialmente um ATR 42 da OMNI foi alugado para cumprir os voos da MAP, voando no Norte por alguns dias. 
Agora, com a aeronave maior da irmã de Ribeirão Preto, a MAP aumenta sua oferta, voltando a oferecer seus serviços regularmente. Confira os registros do PTQ, por Diego Gomes:


Modern Logistics mais uma vez em Macapá

0 comentários
Após a primeira visita em setembro, a Modern Logistcs operou novo voo para Macapá na tarde desta quinta feira (21). Desta vez, o encarregado foi o Boeing 737-400F de matrícula PP-YBB, cumprindo o voo MWM9707, procedente do Aeroporto Internacional do Galeão, no Rio de Janeiro. Confira os registros:

Caças McDonell Douglas A-4 Skyhawk da Marinha em Belém

0 comentários
Na última semana pousaram no Aeroporto Internacional Val de Cans, em Belém, dois McDonnell Douglas A-4 Skyhawk, da Marinha do Brasil. As aeronaves, de matrícula N-1008 e N-1022, na Marinha nomeadas AF-1B, pousaram na capital paraense na terça feira, decolando nos dias posteriores para exercícios militares. As aeronaves operam no Esquadrão Falcão, baseado em São Pedro da Aldeia-RJ. 
Confira os registros, por Diego Gomes e vídeo de César Cardoso:









TAP aumenta frequências em Belém

1 comentários
A partir de Março do próximo ano, os paraense terão mais opções de voos sem escalas para a Europa. A TAP anunciou um aumento no número de frequências entre Belém e Lisboa, passando de três para cinco operações semanais. Graças à mudança de equipamento, houve a possibilidade de aumento no número de voos por semana, uma vez que o A321 LR é muito mais econômico que o A330 que operava antes na rota. Somado à isso, o menor número de assentos na nova aeronave permite que a oferta seja ajustada corretamente com o mercado, oferecendo mais opções na mesma semana. Confira como ficam as operações:

Airbus A319 da LATAM em Macapá

0 comentários
A Latam operou nesta segunda (11) os voos LA3446 e LA3447 entre Brasília, Macapá e Belém, com um Airbus A319, de matrícula PR-MAM, ainda com esquema de cores da TAM. A operação com o menor avião da frota da companhia na capital amapaense é bastante rara, mas tem previsão de se repetir nos próximos dias.
Além do A319, tivemos ontem também a vinda de mais uma aeronave da Gol arrendada da holandesa Transavia. Desta vez o PR-GDZ foi o encarregados dos G31978 e G31978. Confira os registros:










ATR 42-500 da OMNI Táxi Aéreo operando voos da MAP em Belém

0 comentários
Em fase de reestruturação de malha após a fusão com a Passaredo e sobretudo após a inauguração das rotas no Sudeste, a MAP Linhas Aéreas está operando, por período limitado, com o ATR 42-500 de matrícula PR-OHS, da OMNI Táxi Aéreo, do Rio de Janeiro. A aeronave, pelo menos até a próxima semana, assume a malha da companhia na região Norte, inclusive os voos entre Belém e Altamira e Santarém. 
Na manhã desta segunda, a aeronave pousou pela primeira vez no Aeroporto Val de Cans. Confira os registros, por Diego Gomes:




César Cardoso: O representante do UZ7 no Prêmio ABEAR Spotters

0 comentários
Esta semana foi especial para o UZ7 e especialmente para o nosso colaborador César Cardoso! O spotter foi premiado como um dos cinco vencedores do 2º Prêmio ABEAR Spotters. A Associação Brasileira das Empresas Aéreas - ABEAR, desde 2018 premia as cinco melhores fotos do ano no Brasil, que são selecionadas por um corpo técnico de jurados. 

César, durante a premiação, em Brasília.

Grande colaborador do UZ7 há pelo menos 7 anos, Antônio César de Abreu Cardoso, ou simplesmente César, foi premiado por seu clique de um ATR 72 da MAP Linhas Aéreas, durante o último Spotter Day do Aeroporto Internacional Val de Cans, em Belém.

A foto vencedora de César Cardoso
Surpreso e emocionado pelo reconhecimento nacional da premiação, o spotter relatou alguns fatores que pesaram na escolha da foto: "A escolha se deu logo que eu capturei a imagem, pelo detalhe na posição em que ela foi tirada e também por se tratar de uma aeronave com pintura diferenciada e por ser uma companhia regional, bem como pela opinião de vários amigos, quanto ao fato de ser uma fotografia diferenciada"


A cerimônia de premiação foi realizada na última quarta (6) em Brasília-DF, onde os cinco spotters vencedores ganharam troféu e uma premiação de R$ 3.000,00. 

Spotters premiados
 Paixão pela aviação desde a infância

César Cardoso relata que sua paixão pela aviação vem desde criança, quando morava no interior do Pará e só conseguia ver os aviões de muito longe e bem alto. Já crescido, veio morar na capital, Belém, nas redondezas do Aeroporto Internacional Val de Cans, tendo sua curiosidade atiçada pelo intenso movimento de aeronaves na cabeceira 06 e, sempre que podia, parava para observar os aviões. Com o tempo, César foi fazendo amigos na cabeceira 06, ingressando nos grupos do UZ7 Spotting.

Para não ficar com as imagens apenas na memória e incentivado por outros spotters, César resolveu investir em equipamento para registrar as aeronaves: "Comprei uma câmera Tekpix e passei a fazer uns vídeos e fui gostando, depois comprei uma câmera melhor e passei a fazer também a fotografia, publicando fotos e vídeos no grupo do UZ7 no Facebook."

Há alguns anos no hobby, César já conheceu grandes aeroportos: "Minhas experiências mais marcantes foram a minha primeira vez em Brasília e depois em São Paulo em 2014, além dos eventos Spotter Day e a FIDAE, no Chile, em 2018.

Durante a FIDAE, em Santiago do Chile, com a camisa do UZ7 Spotting
César destaca ainda alguns movimentos marcantes, como a vinda do Antonov 124 em Belém, onde houve uma grande mobilização de spottters e curiosos para ver a aeronave: "Estava fazendo vídeo, coloquei uma escada no muro para ver melhor a aeronave. Haviam mutias pessoas na Arthur Bernardes neste dia aguardando o avião, sendo um dia muito importante, pois alavancou meu alto astral pelo spotting", destacou.

O UZ7 Spotting mais uma vez parabeniza o amigo, spotter e colaborador César Cardoso pela importante premiação, elevando o nome do Aeroporto Val de Cans, do Estado do Pará e do UZ7 Spotting e destacando a qualidade dos spotters da nossa região!


Boeing 737 "híbrido" Gol/Transavia em Belém e Macapá

0 comentários
Na tarde desta quinta (07), pela primeira vez pousou em Belém e Macapá um dos Boeing 737-800 da Gol arrendados da companhia holandesa Transavia. A aeronave, de matrícula PR-GZQ, cumpriu os voos G31678 e G31679 entre Guarulho, Belém e Macapá e retorno.
Gol e Transavia fizeram acordo para arrendamento de 7 aeronaves para operar no Brasil e suprir a demanda doméstica da companhia, que além dos Boeing 737 Max, recentemente teve ainda outros 11 aeronaves do modelo 737-800 NG hangarados para substituição de componentes.
Durante o período de operação no Brasil, as aeronaves estão operando com uma pintura improvisada que mistura elementos das duas companhias, como os detalhes coloridos da Transavia na barriga do avião e nos winglets e os logotipos da Gol na fuselagem e estabilizador vertical da aeronave.
Confira os registros!


Voo inaugural do Airbus A321neo da TAP em Belém

1 comentários
A TAP iniciou na noite desta segunda (29) as operações com o Airbus A321neo LR nos voos entre Lisboa e Belém. A aeronave escala para o primeiro voo foi o CS-TXC. O pouso ocorreu pontualmente às 21h55.
Ao acoplar na ponte 06, a aeronave foi saudada pelo batismo dos bombeiros, tradicional ato de jogar canhões de água sobre aeronaves em ocasiões especiais.
A nova operação da TAP com o A321neo LR é a primeira em toda a América do Sul, considerando todas as companhias aéreas, sendo Belém a primeira cidade sul-americana a receber o modelo. 
Com 171 assentos, o A321neo substituirá o Airbus A330, possibilitando a adição de uma frequência semanal para Belém, que agora recebe voos da companhia portuguesa às terças, sextas e sábados, partindo rumo à Portugal sempre à 00h25 do dia seguinte.
Confira os registros do voo inaugural do A321neo em Belém!

Azul terá voo direto entre Belém e Boa Vista em dezembro

0 comentários
Nesta semana a Azul solicitou junto à ANAC voo inédito entre Belém e Boa Vista, em Roraima. A ligação será semanal, sempre aos sábados, a partir de 7 de dezembro.
De Belém, o voo AD 9144 decolará 00h25, chegando na capital roraimense às 02h30. No sentido inverso, o AD 9145 decola às 03h10, pousando na capital paraense às 05h15 da manhã.
Os voos serão operados pelo Embraer 195, com capacidade para 118 passageiros.


Embraer 195 "Azul Viagens" em Macapá

1 comentários
O Embraer 195 de matrícula PR-AYY, que ostenta a reluzente cor azul clara em alusão ao Azul Viagens, esteve ontem em Macapá operando os voos AD2868 e AD2869 de Recife à capital amapaense. 
Confira os registros



Boeing 737-400 da Sideral em Macapá

0 comentários
No último sábado (19) pousou em Macapá um Boeing 737-400F da Sideral Linhas Aéreas de Matrícula PR-SDU. Como vem acontecendo desde 2017, a companhia paranaense tem sido a escolhida para vir anualmente à Macapá no mês de outubro fazer o transporte das provas do Exame Nacional do Ensino Médio - ENEM.

                            

Procedente de Guarulhos, o Sideral 9922 pousou em Macapá por volta das 20h. Já no dia seguinte, por volta das 11h da manhã, decolou também para Guarulhos o Sideral 9927.
O PR-SDU fez sua segunda visita à Macapá. Ano passado, o mesmo também trouxe as provas do ENEM. 
Confira os registros do último domingo:

Feliz Dia do Aviador!

0 comentários
“Uma vez que você tenha experimentado voar, você andará pela terra com seus olhos voltados para céu, pois lá você esteve e para lá você desejará voltar.” Leonardo da Vinci.



O UZ7 Spotting parabeniza os aviadores pelo seu dia!

Azul inaugura voo inédito de Macapá para Recife

0 comentários
Conforme informado em agosto no UZ7, a Azul iniciou neste sábado, 12 de outubro, as ligações semanais entre Recife e Macapá. Operado pelo Embraer 195, com capacidade para 118 passageiros, o voos entre as capitais amapaense e pernambucana é inédito, possibilitando ao público amapaense uma viagem mais rápida à Pernambuco, bem como ligações com outras importantes cidades do Nordeste.

                                   

Decolado de Recife por volta das 14h, o E195 de matrícula PR-AUC foi o escalado para o voo inaugural o AD2868, tocando o solo em Macapá pouco antes das 17h, se tornando o voo comercial mais longo a operar em Macapá, com quase 3 horas de duração. No sentido inverso, o AD2869 decolou com seus 98 passageiros pontualmente às 17h35 no rumo Leste, em direção à capital pernambucana.
No balcão de check in da companhia no Aeroporto Internacional de Macapá, uma bandeira de Pernambuco indicava o início da rota inédita, para entusiasmo de passageiros e funcionários. 
Confira os registros:

Rockwell Sabreliner 65 em Belém

0 comentários
Um North American Sabreliner, (rebatizado como Rockwell Sabreliner 65) pousou no Aeroporto Internacional de Val de Cans, em Belém, na última semana. A aeronave, considerando todas as suas variantes, é um dos primeiros jatos executivos produzidos na história, tendo realizado o primeiro voo em 1958, há mais de 60 anos!
Utilizado como avião executivo civil e também em várias forças aéreas mundo afora, o Sabreliner 65 tem capacidade para 5 a 7 passageiros, podendo voar a até 39 mil pés, numa velocidade de 885 km/h e percorrendo até 4 mil quilômetros de distância.
A aeronave que pousou em Belém, o N651MK, é relativamente nova se comparada aos seus precursores, sendo fabricado em 1981, passou por diversos operadores antes de compor atualmente a frota da empresa americana My Jet Inc.
O jato, procedente do Fort Lauderdale Executive Airport, fez escalas em San Juan (Porto Rico) e Belém antes de pousar no seu destino final, o Aeroporto do Galeão, no Rio de Janeiro. 
Confira os registros, por Diego Gomes:





Modern Logistics pela primeira vez em Macapá

0 comentários
Na madrugada desta terça pousou pela primeira vez em Macapá uma aeronave da companhia cargueira brasileira Modern Logistics. O avião, um Boeing 737-400F, de matrícula PP-YBA, cumpria voo de Brasília para Manaus, no entanto, o Aeroporto Eduardo Gomes, na capital manauara, estava fechado devido às más condições climáticas, assim como Santarém, primeira possibilidade de alternativa, restando à tripulação alternar para Macapá, onde pousou por volta das 4h da madrugada.


A saga do PP-YBA não parou por aí. Após o reabastecimento, a aeronave decolou rumo à Manaus para completar o voo, porém mais uma vez encontrou o SBEG fechado, retornado novamente à Macapá, onde pousou pouco antes das 7h da manhã.

Com a jornada de trabalho da tripulação prestes a ser excedida, a aeronave teve que passar o dia em Macapá, de onde somente decolou à meia noite de quarta feira, novamente para Manaus. Segundo informações não oficiais, a carga à bordo era de pintos.

A Modern Logistics, com sede em Campinas-SP, foi fundada em 2016 por executivos que fundaram a Azul Linhas Aéreas e recebeu a permissão para efetuar voos comerciais em Junho de 2017. Atualmente opera voos cargueiros regulares para destinos como Brasília, Recife, Fortaleza e Manaus e tem composta por 4 aeronaves Boeing 737, sendo dois da versão 300 (PP-YBC e PP-YBD) e dois da versão 400 (PP-YBA e PP-YBB).

Flight Report: Voando para Miami na Classe Executiva da Latam

0 comentários
Alguns meses atrás, em uma consulta despretenciosa na internet, vi que iriam acontecer dois shows que eu gostaria assistir, em datas próximas e na mesma cidade. Negociei no trabalho uma semana de folga, e o próximo destino já estava traçado: Las Vegas!



Logo comecei a busca de passagens, priorizando Azul e LATAM por oferecerem voos diretos de Belém para a Flórida, o que me permitiria ganhar um pouco de tempo, já que não tinha tanta margem pra "queimar". Ambas estavam com preço similar para as mesmas datas, mas o voo da Azul implicaria em um pernoite obrigatório em Fort Lauderdale na ida, já que chega na Flórida aproximadamente 20h30 e restam poucas opções de conexão para o mesmo dia. Em contrapartida, o voo da LATAM pousaria em Miami pouco depois das 10h da manhã, me dando o resto do dia inteiro para arrumar alguma conexão para Vegas. No voo da volta, as duas mais uma vez se assemelham, saindo da Flórida à noite e chegando em Belém durante a madrugada, não faria tanta diferença assim. Itinerário fechado, ida e volta no voo direto da Latam, uma semana aproveitando o melhor do deserto americano.

Aproveitando que o voo seria realizado pelo Boeing 767-300ER, resolvi emitir ida e volta na classe executiva e já chegar descansado na terra do Tio Sam, já que o voo decolaria de madrugada e eu não dormiria muito antes do voo. Como voaria em classe diferente nos trechos domésticos, tive que emitir os bilhetes em compras distintas. Com a Latam emiti o BEL-MIA-BEL, e com a American o MIA-DFW-LAS-LAX-MIA. A parada em Dallas na ida foi estratégica, pousaria um pouco depois do voo direto para Vegas, mas em compensação voaria no 777-300ER, que ainda não tinha sido riscado da minha lista de aeronaves a serem voadas antes de morrer. Passagens e ingressos comprados, só restava esperar o dia da viagem.

Cerca de uma semana antes do meu embarque, o furacão Dorian começou a ganhar força e seguiu rumo à Flórida e Bahamas, o que antes era uma tempestade subiu rapidamente para um furacão de categoria 5. Recebi um email da American alertando sobre possíveis atrasos e cancelamentos, além de oferecer remarcação de passagem sem custo. Fiquei bastante preocupado, uma vez que as previsões iniciais eram de que o furacão entraria na Flórida por Miami, justamente na véspera do voo. Caso isso ocorresse, provavelmente meu voo seria cancelado e o restante da viagem comprometido.

CASA CN-235 da Força Aérea Francesa em Macapá

0 comentários
Esteve no Aeroporto Internacional de Macapá na tarde desta quinta (05) um CASA CN-235, da Força Aérea Francesa. A aeronave, procedente de Caiena, pousou às 15h15 e decolou de volta ao território francês às 18h.
A visita do "COTAM", como são designadas as aeronaves da Força Aérea da França, ocorre anualmente às vésperas do feriado nacional de 7 de setembro, para o transporte de militares franceses que desfilam em Macapá nas comemorações da independência do Brasil.
Confira os registros:


Movimentação militar em Macapá

0 comentários
A semana começou movimentada no Aeroporto Internacional de Macapá em relação  à aeronaves militares. Por conta da inauguração da Agência da Capitania dos Portos no Oiapoque, pousaram no SBMQ dois helicópteros Helibrás UH-12 Esquilo da Marinha e um Embraer 120 e um Embraer 135, da Força Aérea Brasileira, foram registrados. Confira as fotos, por Henrique Barbosa:

PR-AJE: O A320ceo da Azul em Macapá

0 comentários
Pousou neste sábado (31) no Aeroporto Internacional de Macpaá, pela primeira vez durante o dia, o A320ceo de matrícula PR-AJE (CN 6050), da Azul Linhas Aéreas. 
A aeronave, batizada como "Céu, Sol, Sul, Sou AZUL", é mais um ex-Avianca (PR-ONW), é a segunda da série CEO (Current Engine Options) a operar pela Azul. Anteriormente, o PR-AJB operou na companhia por alguns meses.
O voo para Macapá, cumprindo a etapa entre BEL e MCP dos voos AD4186 e 4187, foi o segundo da aeronave para a capital amapaense. Na semana passada, a aeronave cumpriu o voo noturno da companhia para a cidade. 
Diferentemente dos A320neo da Azul, o AJB não ostenta a pintura completa da companhia, tendo uma espécie de pintura "albina", sem a tradicional barriga azul. Confira os registros de ontem:



Azul voará entre Macapá e Recife sem escalas.

0 comentários
A Azul Linhas Aéreas solicitou junto à ANAC a abertura de uma frequência semanal entre Macapá e Recife, em Pernambuco. O voo será operado aos sábados a partir de 12 de outubro, inicialmente com o Embraer 195, com capacidade para 118 passageiros.

Embraer 195