Airbus SC-105 Amazonas SAR da Força Aérea Brasileira em Macapá

0 comentários
Chegou à Macapá no último domingo o Airbus SC-105 Amazonas SAR da Força Aérea Brasileira em Macapá para auxiliar o trabalho de buscas a um Embraer Minuano, de matrícula PT-RDZ, desaparecido na região do Parque do Tumucumaque, entre o Oeste do Amapá e o Norte do Pará, desde o dia 2 de dezembro.

SC-105 Amazonas SAR
A aeronave, de matrícula FAB6550, decolou ontem pela manhã para realizar buscas à aeronave desaparecida. Ao final da tarde regressou à capital amapaense após cerca de 8 horas interruptas de buscas pela região, num raio de aproximadamente 450 milhas quadradas (cerca de 1000 quilômetros quadrados).

Anteriormente as buscas estavam a cargo de um Lockheed C-130 Hércules e agora prosseguem, sem previsão de encerramento, com o SC-105, que se mostra a aeronave ideal para este tipo de operação.

O SC-105 é um bimotor turbohélice desenvolvido pela CASA - Construcciones Aeronáuticas S.A. e pela Airbus e atualmente é utilizado por diversas forças aéreas ao redor do mundo, em especial para missões de transporte, patrulha e, como o FAB6550, missões SAR (Search and Rescue).

Search and Rescue
Pertencente ao Esquadrão Pelicano, de Campo Grande-MS, o SAR da FAB é equipado com câmeras flier (térmica/infravermelho) e espectral, o SC-105, além de outras câmeras à bordo, o SC-105 tem capacidade de carga de pouco mais de 9 toneladas, podendo levar, dependendo de sua configuração, de 41 à 71 pessoas, inclusive em macas, tento autonomia para até 10 a 11 horas de voo.

Câmera acoplada ao nariz da aeronave
O SC-105 possui quatro janelas-bolha, que facilitam a procura por observadores a bordo, capacitados com treinamentos de varredura visual. Voando a 1.000 pés de altitude, as buscas são feitas a olho nu pelos observadores, aliadas com as modernas tecnologias à bordo. No entanto, as maiores dificuldades em localizar a aeronave desaparecida se deve ao terreno de procura, mata fechada, no coração da floresta amazônica, com árvores de copas extremamente altas. Além disso, até o presente momento não foi recebido nenhum sinal ELT, que seria vital para a localização do Minuano.

Janelas-bolha, que facilitam a observação externa
Apesar das dificuldades as buscas não param, sempre com expectativas positivas quando à localização do avião desaparecido e de seus ocupantes. Tão logo haja contato visual com a Aeronave, sua localização será plotada para posteriormente, o resgate ser feito através de helicópteros. A operação é coordenada pelo Salvaero de Manaus-AM. Confira mais registros:

Portões abertos da Base Aérea de Belém - Ala 9

0 comentários
A Ala 9, nova designação do I Comar - Primeiro Comando Aéreo Regional, abriu seus portões e organizou na antiga Base Aérea de Belém mais um grande evento aberto ao público! 
Os portões abertos 2018 aconteceram no último domingo (2), das 9 da manhã até as 17h. O evento, que faz parte do calendário anual da Força Aérea Brasileira em todo país, reuniu cerca de 20 mil pessoas e estimulou a solidariedade com a arrecadação de alimentos não perecíveis doados para instituições de caridade.


Várias aeronaves estiveram expostas ao público, inclusive com visitações e demonstrações de voo, dentre elas aeronaves civis, experimentais e militares. Além disso, o público pôde apreciar o movimento comercial com as operações na pista 06, além de demonstrações operacionais e de paraquedismo, trabalhos de aeromodelismo e plastimodelismo e ações cívico-sociais com orientações de saúde para os visitantes.

                               

No entanto, a grande estrela do dia foi o caça Northrop F-5E Tiger, ou simplesmente F-5, principal aeronave de defesa aérea do Brasil e que esteve presente em diversas missões de segurança para o país.

Movimentação de asas rotativas em Macapá

0 comentários
Nesta primeira semana de dezembro tivemos interessante movimento de helicópteros em Macapá: Além do Black Hawk da Força Aérea Brasileira, tivemos a presença de um Agusta-Westland AW-109E Power Elite em translado para novo operador nos Estados Unidos. 
Operando no Brasil como PR-MCB, este modelo é bastante utilizado para transporte executivo mas também é utilizado para missões de resgate e funções militares. Além de sua polivalência, o AW-109E destaca-se por ter capacidade para até 8 passageiros.
Já na tarde de sexta (07), um Helibrás HM-1 "Panther" do Exército Brasileiro também pousou no Aeroporto Internacional de Macapá. Confira os registros:



Pilatus PC-12 em Macapá

0 comentários
Pousou na tarde desta sexta (07) no Aeroporto Internacional de Macapá um Pilatus PC-12/47E em translado para o Brasil. A aeronave, de msn 1798, já ostenta a matrícula nacional: PP-IJG. 
O PC-12, apesar de ser turbo hélice, destaca-se pela sua alta performance para transporte executivo e de carga. Destaca-se ainda por ser econômico, podendo voar a até 30 mil pés, tendo capacidade para até 9 passageiros.
Confira os registros, por Roger Pantoja:

Cessnas executivos em Macapá

0 comentários
Durante esta primeira semana de dezembro o Aeroporto Internacional de Macapá recebeu dois Cessna Citation executivos. Na terça feira (04) o PT-WBY, um Cessna 500 Citation I, da Norte Jet realizou diversos procedimentos de aproximação e arremetida na pista 08.


Já na quarta (05), um Cessna 525B Citation CJ3, de matrícula HI1045, procedente da República Dominicana, pousou no fim da tarde e permaneceu em solo até o início da noite. Confira os registros:












Black Hawk em missão SAR em Macapá

1 comentários
Um Black Hawk da Força Aérea Brasileira esteve em Macapá nos últimos dias para uma nobre missão: A aeronave, do Esquadrão Harpia, de matrícula FAB8514, esteve de prontidão no Aeroporto Internacional de Macapá para missão Search and Rescue, isto é, missão de busca e salvamento dos tripulantes do PT-RDZ, um Minuano desaparecido entre o Oeste do Amapá e o Norte do Pará.
Até a manhã desta quarta (05) a aeronave permaneceu em solo, quando decolou como SAR14 para auxiliar nas buscas, porém, até o presente momento, sem sucesso. 
Confira os registros:








A320neo "Vitoriosas da Azul" pela primeira vez em Macapá

0 comentários
Pousou na tarde de hoje em no Aeroporto Internacional de Macapá o A320neo da Azul, de matrícula PR-YRS, batizado como "Vitoriosas da Azul", que ostenta pintura cor de rosa em sua fuselagem em alusão à campanha de combate ao câncer de mama.

A aeronave, que cumpriu os voos 4186 (BEL-MCP) e 4187 (MCP-BEL-CNF), esteve pela primeira vez na capital amapaense, durante o período diurno, visto que já havia aparecido durante os voos da madrugada (Editado).
Confira os registros:














Let L-410 da Air Guyane em Belém

0 comentários
Pousou no início da tarde da última sexta (30), no Aeroporto Internacional Val de Cans em Belém, um Let L-410 da Air Guyane. A aeronave, de matrícula F-OIXT, procedente de check de manutenção na República Tcheca, entrou no Brasil por Fortaleza e fez escala na capital paraense antes de chegar ao seu destino final, Caiena, na Guiana Francesa.
Confira os registros, por César Cardoso:









"Revoada" da Aviação agrícola passando por SBMQ

0 comentários
O mês de novembro que vai se encerrando foi marcado por várias passagens, em escala técnica, de aeronaves monomotoras voltadas para a aviação agrícola, os Air Tractor, com sua cor característica em amarelo e azul marinho. As aeronaves anualmente seguem um calendário de idas e vindas entre as regiões agrícolas do Brasil e Argentina, principalmente,  conforme a demanda de pulverização. Nas imagens abaixo podemos ver o N8520K, modelo 502XP, sendo este o modelo mais recente da família e o N5001N, ambos com matrículas provisórios, utilizadas nos traslados dessas máquinas. Além desses dois, outros também estiveram de passagem, a maioria procedente da Capital de Granada, país caribenho, localizado próximo a Trinidade e Tobago.










Novas operações da LATAM em Macapá aos domingos

0 comentários
Iniciaram neste domingo (04) duas novas operações da LATAM no Aeroporto Internacional de Macapá, ligando a capital paraense à Belém e Brasília. Os voos, que já existem, porém com numeração e horários noturnos no restante da semana, operam aos domingos no período da manhã.


O LA3792, decola da capital federal às 06h00 da manhã, chegando em Macapá às 07h46 (hora local), retornando à Brasília como LA3189 às 08h15 e pousando às 12h00.
Já o LA3543 decola de Belém às 09h25, pousando em Macapá Às 10h05. No sentido inverso o LA3544 decola às 11h35, chegando na capital paraense às 12h05.

Os voos são operados com o Airbus A320, com capacidade para 174 passageiros. Os inaugurais foram cumpridos pelo PR-MYW (esquema LATAM) e o PR-TYD (esquema TAM).

Além dos Airbus, pela manhã houveram operações de um Embraer 110 Bandeirante da Força Aérea Brasileira e de um Cessna C208B Grand Caravan, da TWOFlex. Confira os registros: