Fretax tem homologação revogada

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) suspendeu o certificado de homologação de empresa de transporte aéreo da companhia Fretax. Na última terça-feira (12), um avião bimotor modelo Carajá da Fretax caiu em Almeirim, noroeste do Pará, matando o piloto Jose Carlos Vieira Junior, de 28 anos, e nove passageiros.

A publicação no Diário Oficial da União desta quinta-feira (14) é assinada pelo gerente de vigilância de operações de aviação geral, Antonio Alessandro Mello Dias. Segundo a Anac, o avião pilotado por Vieira Júnior não poderia voar sem copiloto. A agência está investigando o caso e pode punir a empresa caso constate que houve irregularidade.
Por telefone, o diretor da Fretax, José Henrique Moraes, contestou a afirmação da Anac sobre a necessidade de copiloto no avião. "Não era obrigatório. A regra de voo permitia que (o avião) voasse com um piloto só", disse.
Fiscais do Seripa investigam os destroços da aeronave (Foto: Fabiano Villela / TV Liberal)Fiscais do Seripa investigam os destroços da aeronave (Foto: Fabiano Villela / TV Liberal)
Habilitação
Ainda não se sabe o que causou a queda do avião. O acidente está sendo investigadas pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa). Porém, de acordo com a Anac, a licença e habilitação do piloto o piloto José Carlos Vieira Junior eram válidas, e o Certificado Médico Aeronáutico (CMA) dele estava em dia.
A Anac diz ainda que em março de 2011 Vieira atingiu a marca de 150 horas de voo, mínimo necessário para que ele fosse piloto comercial.

Fonte: G1 Pará
http://g1.globo.com/pa/para/noticia/2013/03/anac-proibe-fretax-de-voar-apos-acidente-no-para.html

0 comentários :

Postar um comentário